Vendemos preferencialmente das raças: Poodle,Yorkshire,Lhasa
Apso,  entre outras...
  Home

 

 

 

  O cão mais fértil foi um Galgo Inglês chamado Tomacartus ("Tymmi"), ao longo de toda sua vida foi pai de mais de três mil filhotes. Provavelmente, Tomacartus tenha sido o ancestral de todos os galgos de hoje.
Um cão Bull Terrier chamado Billy, matou quatrocentos ratos em apenas desessete horas, o que foi considerado uma façanha, levando em conta que o cão era cego de um olho. Mas sua maior façanha foi matar cem ratos em apenas cinco minutos e trinta segundos.
Uma cadela, também Bull Terrier, chamada Jenny Lind foi desafiada a matar quinhentos ratos em menos de três horas, ela completou o trabalho em uma hora e trinta e seis segundos.
Dia 20 de agosto é o dia dos animais abandonados... nos Estados Unidos.
Por terem sua imagem ligada aos nobres que os criavam, calcula-se que após a revolução russa não existiam mais de 6 Borzois em Moscou. Os demais foram massacrados. A raça foi salva da extinção graças, em grande parte, aos cães que foram presenteados aos nobres da europa, antes da revolução.
Dia 24/04 é o dia do animal de laboratório, 30/07 é o dia do cachorro, 09/09 é o dia do veterinário e 04/10 é o dia dos animais.
Os cientistas dizem que o olfato dos cães é de até um milhão de vezes melhor que o humano. O campeão de todos os tempos, sem surpresa alguma, é o Bloodhound, em segundo lugar fica o Pastor Alemão. Ambas raças têm mais de duzentos milhões de células olfativas.
Toy Spaniels vêm sendo populares em familias da realeza desde os tempos Elizabetanos, e acreditam serem um dos ancestrais do Cavalier King Charles Spaniel. Uma lenda conta que a Duquesa de Marlborough tinha uma Cavalier prenhe. O Duque estava em uma batalha em Battle od Blenheim e quando a Duquesa recebeu noticias de vitória do marido, ela colocou o seu polegar na "testa" da cadela. Os filhotes da cadelinha nasceram com com lindas marcas na cabeça, o que pode ser visto nos Cavaliers King Charles Spaniel atuais.
O Afghan Hound É considerada uma das raças mais antigas que se tem notícia. Inicialmente, atuava como um cão de caça e corrida sendo muito bastante popular em várias partes do mundo. Pertence à família dos galgos asiáticos e provavelmente é um dos ancentrais dos atuais cães de corrida (Greyhounds e Whippets). Nas regiões do Afeganistão, é conhecido como Tazi, que quer dizer "rápido" ou "branco". Essas características fizeram com que ele fosse utilizado por muito tempo como cão de correio na região, uma vez que por ser um cão muito rápido, conseguia levar mensagens em alta velocidade mesmo em regiões de difícil acesso.
De acordo com uma lenda, o primeiro Skye Terrier foi um cãozinho branco que nadou pela costa Skye a procura de um navio da Espanha que tinha afundado. Mas o Sky Terrier mais famoso foi um cãozinho chamado Bobby, que se tornou uma lenda no século passado. Bobby costumava acompanhar o seu dono, Mr. Gray, a Edinburgh todos os dias. Ao meio dia eles almoçavam juntos no Mr. Thraill's Café. Em 1858, Mr. Gray morreu e foi enterrado no cemitério de Greyfriars, mas Bobby continuou visitando o Thraill's Café todos os dias para almoçar. Todo dia Bobby deixava o Café com um pão, até o dia em que Mr. Thraill resolveu segui-lo para ver onde ele ia. Bobby comia o seu pão ao lado da cova do seu dono. Foi onde ele passou o resto de sua vida. Cães não eram permitidos no cemitério e tinham que usar coleira e uma medalha de permissão. O Lorde Provost presenteou o pequeno Bobby com a medalha, podendo ele ir visitar o seu dono a qualquer hora. Depois da morte de Bobby a baronesa Burdett Couths construiu um estatua em Greyfriars, onde se lia: "Um tributo ao fiel Bobby the Greyfriars".
Os ingleses desenvolveram os cães rateiros, os Terriers, porque os gatos não eram páreo para as ratazanas que infestavam as ilhas britânicas.
Um American Pit Bull Terrier foi o primeiro cachorro certificado para ajuda a surdos.
O bom faro do Pastor de Shetland permite a ele procurar e salvar uma ovelha enterrada na neve.
O Old English Sheepdog raras vezes nasce sem cauda, normalmente ela é cortada na primeira semana de vida do filhote. Apesar de levar no nome a palavra "old" (velho), esta raça não é muito antiga.
O São Bernardo pode ter pêlo longo ou curto. Como descobrir qual pêlo o filhote terá quando adulto? É simples: quando o filhote estiver com 6 semanas, olhe atrás da sua orelha. Se o pêlo for encaracolado, será longo. Se o pêlo for liso, será curto...
Segundo os nativos siberianos os cachorros foram criados primeiro que os homens! Ulgan, o criador fez da lama um Deus, chamado Elrik.
Elrik moldou de terra e pedras o corpo do homem e da mulher, mas faltava ainda o espírito, enquanto ele saiu a procura desse espírito criou um cão (um Husky Siberiano) para tomar conta dos corpos. Ao chegar de volta, ele notou que o cachorro estava morrendo de frio, e deu-lhe um casaco de pele.
Quando Ulgan se deparou com a criação de Elrik ficou indignado, queria destruir tudo, mas um sapo falou a ele: "Se viverem deixe que vivam, e se morrerem deixe que morram." E para o cão Ulgan falou: "Daqui em diante você sempre protegerá a humanidade e viverá no frio, e se os homens os tratarem mal a culpa será de você mesmo."
Segundo o livro dos recordes e a FEI o mais pesado e mais longo cão é da raça Mastiff Inglês de nome Aicama Zorba of la Susa, Nascido em 26 de setembro de 1981, pertencente a Chris Eraclides de Londres Inglaterra. Zorba tem 94 cm de altura dorsal e pesa somente 155,58 kg, mais pesado do que qualquer lutador de boxe peso pesado.
O maior (mais alto) cão do mundo é da raça Dogue Alemão de nome Shamgret Danzas de 1975 pertencente a Wendy e Keith Comley de Milton Keynes - Inglaterra possuía 1.054 cm de altura dorsal e 1.066 com pêlo eriçado e pesava 108 kg. Morreu em 1984. O maior do Brasil é a raça Fila Brasileiro podendo chegar a 80 cm de altura dorsal e pesar 95 kg.
O maior farejador é um Doberman Pinscher chamado Sauer treinado pelo policial Herbert Kruger, farejou um ladrão de animais por 160 km através do Great Karroo, África do Sul.
O mais velho cão que se tem registro chegou a idade de 29 anos e 5 meses para um Pastor Australiano chamado Bluey pertencente a Les Hall, de Vitória, Austrália. Ele trabalhou com gado e ovelhas durante vinte anos, foi sacrificado em 14/11/1939.
A forma primitiva do Pequinês talvez encontre-se num cão raposino do sudeste asiático, proveniente por sua vez, como todos os de sua raça, do cão de turfeiras. A sua verdadeira origem é desconhecida. Somente sabe-se que é muito antigo, talvez contemporâneo da aparição do Celeste Império!
Na China existe uma curiosa lenda que estabelece origens. Um dia, um leão se apaixonou por uma macaca pequena, com a qual quis casar-se; mas era necessário primeiro, apresentar-se ante o deus Hai-ho, que disse ao leão: 'Se estás disposto a sacrificar a sua estatura e tua força por amor a esta macaca, consinto qu te cases com ela'. O leão aceitou de boa vontade; o fruto dessa união foi o cão pequinês que conservou o porte orgulhoso e a expressão nobre do rei da selva, unidos à graça e à ternura duma macaquinha.
A maior distância que um cão nadou foram 15 milhas. Foi um Terra Nova chamado Neptune
Um Pastor Alemão teve 100% de sucesso na caça à narcóticos e teve em seu crédito 220 prisões de traficantes. O cão pertence à PM do Texas.
O único cão que esteve tanto no Polo Norte como no Polo Sul é um Jack Russel Terrier chamado Bothy (both = ambos, coincidência?)
O som do latido do American Foxhound (aquele que parece um Beagle maior e mais magro, muito usado em caças) é tão melodioso que já fez parte de algumas musicas populares. Provavelmente herdaram isso do seu ancestral, o French Foxhound, cujo latido lembrava "os sinos de Moscow".
O American Water Spaniel tem uma cauda que funciona como leme. Extremamente paciente e otimo nadador, espera que o caçador abata 4 ou 5 aves e só então parte para busca-las, trabalho que realiza com muita alegria e entusiasmo.
O Australian Cattle Dog foi criado para pastoreio de gado em grandes distâncias. Conforme os colonizadores australianos foram se espalhando, saindo da area de Sidney em 1813, os pastos foram ficando maiores, e o gado mais livre. Com esse espaço foram ficando mais selvagens, e o Australian Cattle Dog era o pastor ideal para o gado semi-selvagem.
O Basenji é o único cão que não late. Silencioso, mas quando está muito satisfeito solta um som parecido com uma risadinha.
O Airedale é o maior dos Terriers, conhecido como "King of Terriers". Foi criado na metade do século passado para assustar as lontras que competiam com os pescadores pelos peixes do rio Aire, em Yorkshire. Tem uma afinidade natural com a água e adora se jogar nos pantanos.
Dos seus ancestrais (o English Black and Tan Terrier, já extinto, e o Otterhound), herdou a ótima audição, vista penetrante, ótimo faro, força e musculos para nadar.
Na 1º Guerra Mundial, o Airedale foi usado como mensageiro no campo de batalha e sentinela para o exército americano.
O Bloodhound, além de procurar foragidos, é usado para encontrar pessoas que foram raptadas. Houve casos nos EUA que vários cães foram à procura de crianças e, depois de dias andando com o focinho no chão, sem parar (só havia rodízio de guardas, que seguiam com carro ou moto), chegavam ao esconderijo com a cara sangrando, as patas machucadas, mas a sensação de dever cumprido.
O Boxer, apesar desse jeitão largado e totalmente espalhafatoso, também ajuda o Pastor Alemão, o Golden Retriever e o Labrador nas missões perigosas dos bombeiros e polícia nos EUA . Ele está presente nos resgates de feridos em escombros, terremotos, late quando tem alguém enterrado nas pedras, tira pessoas de lamaçal, e muito mais, inclusive no meio da noite, na maior escuridão.
O Afganhound, lindo, maravilhoso, independente. Dá prá imaginar que ele caçava tigres? Geralmente em duplas, quando o primeiro conseguia distrair suficientemente o felino, o outro atacava. Diz a lenda que os cães que entraram na arca de Noé eram os Afgans. Dizem que é uma das raças mais antigas do mundo. Foram encontradas figuras do século VI A.C. do Afgan na Grécia. E depois, no séc IV A.C., já era mencionado nos papiros do Egito. Ninguém pode provar que ele seja realmente do Afeganistão, ele só tem esse nome porque um capitão inglês levou o primeiro Afgan para a Europa trazido do Afeganistão.
Um pouco de história - Ha 400 milenios, um ancestral do cão - Canis Lupus variabilis - já convivia com um ancestral do homem - Homo eretus - num relacionamento pacífico e de utilidade reciproca. Conforme o homem foi evoluindo, foi se envolvendo em novas atividades, e o cão participava de todas como peça fundamental. Quando chegou a eletricidade, o cão foi substituido por maquinas. No início da civilização - da Pré-História até a Antiguidade - os cães não tinham funções específicas, todos faziam de tudo. A medida que multiplicavam as ocupaçoes humanas, havia a necessidade de que os cães efetuassem um trabalho cada vez mais especializado e, aos poucos, os cães primitivos foram originando tipos estruturais diferentes. Nessa evolução o homem só começou a participar nos últimos dois séculos. Até então a natureza agiu por si só adaptando cada raça ao terreno, clima e necessidades, como velocidade, tração, transporte, etc.
O Poodle, atualmente visto como companhia, era usado para encontrar trufas, aqueles cogumelos que ficam debaixo da terra. Não logo abaixo, mas alguns metros. Deu pra sentir o faro que nosso amigo tem? Por causa disso, ele é usado também nos Estados Unidos para encontrar pessoas em escombros.
O Labrador e seu handler formam um time inseparável, e demoram dois meses para concluir o curso para encontrar haxixe e maconha. Depois disso, eles trabalham juntos nos aeroportos, rodoviarias, e lugares suspeitos, e entram numa batalha dura para conseguir prêmios e recompensas.
Há uma teoria sobre o Weimaraner, a qual ele seria fruto de cruzamentos vigiados pelo Grand Duke Karl August of Weimar, entre o Pointer e um certo Pointer Amarelo (?).
Em 1350 as variedades de English Spaniels dividiram-se em sete: Clumber, Sussex, Welsh Springer, Springer, Field, Irish Water e o Cocker.
O Chihuahua é a raça mais antiga do continente americano, e a menor do mundo.
O Pointer Alemão é descendente do Spanish Pointer, que foi introduzido na Alemanha em 1600 pelos cacadores flamengos. O cruzamento com o Italian Pointer lhe deu mais velocidade e energia.
O Komondor é descendente dos cães tibetanos, e foi levado para a Hungria ha 1000 anos. Tem sido usado com resultados notaveis como cão de companhia de policiais em regiões com neve.
O Boston Terrier foi desenvolvido através de cruzamentos (vários) entre o Bulldog, o Bulldog Francês, o Bull Terrier e o Boxer.
Nativo de Newfoundland, o Labrador Retriever foi levado para a Grã-Bretanha em 1800 por navios ingleses vindo de Labrador.
Descobertas feitas por algumas pesquisas americanas:
51% dos cães e gatos domésticos têm nomes humanos
70% dos donos de cães esperam que seu cachorro o aliviem em momentos de depressão/tristeza, comparado com apenas 31% dos donos de gatos
27% dos donos de cães já tiraram fotos do seu animal com Papai Noel ou o Coelhinho da Páscoa
61% dos donos de cães dizem que cuidar de um cão satisfaz suas necessidades de ter um filho
48% das mulheres donas de cães contam mais com o afeto dos seus animais do que com o do seus maridos ou filhos
Cães nas guerras:
Na primeira Grande Guerra (1914-1918), foram utilizados 400.000 cães Pastores Alemães. A Alemanha, desde 1883 incorporava pastores ao seu exército, sendo que no início da guerra possuíam cerca de 6.000 animais aos quais anexou mais 35.000 !!! A França possuía um esquadrão de aproximadamente 12.000 exemplares. A Bélgica, a Itália e a Inglaterra também.
Na 2ª Guerra Mundial o uso de Pastores Alemães foi efetivo, principalmente pela Alemanha com um efetivo de 200.000 cães. Os EUA não possuíam cães de guerra, porém à partir daí começaram a receber os cães pastores e então desenvolveram centros especiais de treinamento militar para cães, denominado K-9, chegando a instruir durante o conflito cerca de 15.000 cães que participaram de batalhas na Europa e até mesmo na África.
Pastores Alemães, foram utilizados pelos Russos como cães suicidas em operações anti-tanques.
A Inglaterra possuía dois adestradores por batalhão e uma escola especial para treinamento de cães para detecção de minas.
Os Pastores Alemães, na Italia se destacaram como cães paraquedistas!
Como todas as mensagens eram interceptadas de alguma maneira pelo inimigo, o Yorkshire, com aquele tamanhinho todo, levava bilhetes e ordens por túneis que só um cãozinho como ele conseguiria passar. Ele atravessou países por baixo da terra várias vezes durante a guerra.
Pesquisa num jornal inglês confirma: Lá uma familia se caracteriza por pai, mãe, dois filhos e um cachorro.
O primeiro Kennel Club surgiu na Inglaterra. As primeiras exposições aconteceram lá e o Kennel chama-se apenas "The Kennel Club".
A exposição mais importante na Europa é a Crufts (realizada na Inglaterra), e além de beleza tem obediencia, agility e varios tipos de diversão que podemos ter e dividir com os cães.
O Chow-chow, descendente direto do Canis Palustris, É provavelmente o ancestral de todos os Spitz (Pomerânia e demais cães com focinho e orelhas parecidos com os da raposa).
A estrutura do Chow é similar a dos mais antigos fosseis de cães encontrados na America a milhões de anos.
O Chow chegou na China com os primeiros colonizadores do Norte da Asia, e logo foi colocado para trabalhar como guarda do rebanho e caçador de vários animais.
Os chineses também chamam o Chow-chow de "lang Kou (cão-lobo), hsiung Kou (cão-urso), hei she-t'ou (lingua preta) ou Kwangtung Kou (cão do Canton).

 

Fone: 0xx (11) 2201-5003 - e-mail:canilchameguinho@hotmail.com.br  Melhor visualizado 800x600